quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Enfim, estamos de volta!


No sábado, dia 11 de agosto de 2012, daremos início à nossa segunda temporada, no Centro Cultural São Geraldo às 11hs. Ainda em agosto iremos ao Jardim Guanabara e Alto Vera Cruz e, a seguir, nosso projeto faz sua primeira visita à região do Barreiro, no Centro Cultural Lindéia/Regina.

No programa:

Domenico SCARLATTI: Sonata K. 206 (1753)
Johann Sebastian BACH: Fantasia BWV 997 (cc. 1740)
Luigi LEGNANI: 6 dos 36 Capricci Op. 20 (1822): n. 6, 2, 4, 22, 7, 31
Benjamin BRITTEN: Nocturnal after John Dowland, Op. 70 (1963)
Francisco TÁRREGA: Recuerdos de la Alhambra (1896)

Todos os concertos terão entrada franca.
Reservem um lugar em suas agendas e aguardem: em breve, mais novidades!

0 comentários:

Ricardo Marçal

Ricardo Marçal

O violonista belo-horizontino Ricardo Marçal (29) tem se dedicado a uma crescente agenda de concertos pelas mais diversas regiões do Brasil, cativando a simpatia do público e atraindo a atenção de meios de imprensa como os programas “Violões em Foco” e o tradicional “Música e Músicos do Brasil”, ambos da Rádio MEC-FM. É bacharel em Música pela UFMG na classe do professor Fernando Araújo, foi bolsista do Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão por dois anos, prossegue seus estudos regulares como aluno particular do aclamado violonista Fábio Zanon e, a convite do maestro Oscar Ghiglia, tem se aperfeiçoado nos cursos anuais de verão da Accademia Musicale Chigiana de Siena, na Itália. Como solista tem se apresentado regularmente em importantes séries por Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Rondônia e São Paulo. Seus projetos para 2012 incluem a 2a temporada do projeto "Elegia ao Violão", uma nova turnê com o quarteto de violões Corda Nova, do qual é membro fundador e uma turnê estadual com o Quarteto de Cordas da família Barros. Como pesquisador, Ricardo está elaborando um trabalho de pesquisa sobre o repertório de música de câmara com violão do início do séc. XIX em parceria com o historiador Gerson Castro e é professor dos cursos de história da música e apreciação musical da Academia de Ideias. Além disso, coordena a criação de uma série de música de câmara nos municípios mineiros de Betim, Brumadinho, Contagem, Crucilândia e Esmeraldas. (4/2012)

Tecnologia do Blogger.

Seguidores